Arquivo | Cinema RSS feed for this section

Faroeste Caboclo no Cinema

8 fev

Faroeste caboclo, escrita por Renato Russo, é uma das músicas mais conhecidas do Rock Nacional, e agora ganha a sua versão nas telonas.

A adaptação é dirigida por René Sampaio e tem o roteiro de Marcos Bernstein e Victor Atherino.

A lista dos protagonistas já foi selecionada, e dentre eles estão: Fabrício Boliveira que vive João de Santo Cristo, Ísis Valverde é Maria Lúcia e Felipe Abib interpreta Jeremias.

E se você quiser, ainda tem uma vaga para uma participação especial no filme! Para participar basta enviar um vídeo de até 30 segundos com o desafio: convencer Maria Lúcia a não abandonar a festa.

Os seis melhores vídeos serão colocados em votação popular, e o vencedor integrará o elenco por um dia nas filmagens que serão feitas em Brasília, e o melhor: COM TUDO PAGO! (eu não vejo muita vantagem, porque eu só ganharia a pasagem do metrô, já que eu moro aqui…¬¬’ ) O prazo de envio dos vídeos termina no dia 27/02.

Para obter mais informações acesse >> www.faroestecaboclo.com.br/casting/

 

Play Now… FAROESTE CABOCLO

 

Por Rai Samara

Anúncios

WGA premia “A Rede Social” e “A Origem”

7 fev

A premiação do WGA (Writers Guild of America), Sindicato dos Roteiristas Americanos, ocorreu na madrugada de sábado (05/02) para domingo (06/02) e os prêmios de Melhor Roteiro Original e Melhor Roteiro Adaptado foram para os fimes A Origem (Inception), de Christopher Nolan, e A Rede Social (The Social Network)  de Aaron Sorkin, respectivamente.

Finalmente houve um reconhecimento devido ao brilhante roteiro de Christopher Nolan, porque realmente foi uma injustiça A Origem ter perdido o Globo de Ouro para A Rede Social. Isso aconteceu porque o Globo de Ouro não separa as categorias de Roteiro Original e Roteiro Adaptado, mas de qualquer forma, nem se compara, na minha opinião A Origem ganharia em disparada, sem sombra de dúvida!!!

O prêmio de certa forma cria expectativas para o resultado do Óscar, agora nos resta esperar pra ver se os dois filmes estarão na lista dos ganhadores no dia 27/02.

Confira a lista dos outros principais vencedores do WGA:

ROTEIRO ORIGINAL
Christopher Nolan, A Origem

ROTEIRO ADAPTADO
Aaron Sorkin, A Rede Social, baseado no livro The Accidental Bilionairs, de Ben Mezrich.

DOCUMENTÁRIO
Charles Ferguson, Chad Beck e Adam Bolt, Trabalho Interno

TELEVISÃO

MELHOR NOVA SÉRIE
Jackson Meg, Lawrence Konner, KORDER Howard, Kornachi Steve, Margarett Nagle, Tim Van Patten, Paul Simms e Terence Winter, Boardwalk Empire

SÉRIE/DRAMA
Jonathan Abrahams, Albert Lisa, Keith Huff, Igla Jonathan, Jacquemetton Andre, Jacquemetton Maria, Bret Johnson, Leahy Janet, Levin Erin, McMillan Tracy, Walter Dahvi e Matthew Weiner, por Mad Man

SÉRIE/COMÉDIA
Jerry Collins, Paul Corrigan,Herschlag Alex, Higginbotham Abraão, Ko Elaine, Joe Lawson, Steve Levitan, Christopher Lloyd, Dan O’Shannon, Richard Jeffrey, Brad Waksh, EWernick Ilana, Wrubell Bill e Zucker Danny, por Modern Family

VIDEOGAME
Yohalem Jeffre (roteirista),Ethan Petty, Grimwood Nicholas e Matt Turner (argumentistas) e Patrick Desilers, Yohalam Jeffrey e Corey Maio (história), por Assassin’s Creed: Brotherhood.

 

Por Rai Samara

Curiosidades

5 fev

CINEMA

  • O macaco usado para o filme King Kong, em 1933, parecia ser gigantesco. Na realidade, o modelo tinha somente quarenta centímetros. Na nova produção de 1977, King Kong cresceu. Media treze metros.
  • As gotinhas de água em Cantando na chuva foram misturadas com leite para que aparecessem melhor no filme.
  • O sangue da inesquecível cena do chuveiro de Psicose foi feito com chocolate líquido.
  • O vômito asqueroso da pequena Regan MacNeil (Linda Blair) em O exorcista era uma mistura de sopa de ervilha com mingau de aveia.
  • Número de balas usadas para matar a dupla Bonnie e Clyde: 187 na vida real e 87 no filme Uma rajada de balas, de 1967, estrelado por Warren Beatty e Faye Dunaway.
  • Peter Sellers e Orson Welles fizeram uma cena juntos em Casino Royale – um era adversário do outro num jogo de cartas. Mas nem se cruzaram no set de filmagem. Eles se detestavam tanto que a cena foi filmada em dias diferentes.
  • Em Cleópatra, de 1963, Elizabeth Taylor usou 65 roupas diferentes. Outras quarenta não chegaram a aparecer. O total de figurinos dessa produção foi 26 mil. Perdeu para os 32 mil do épico Quo vadis (1951).

Fonte: Guia dos Curiosos

Por Rai Samara

Cisne Negro – O lado sombrio do balé

4 fev

Darren Aronofsky, diretor do filme “Cisne Negro”(Black Swan) afirma que o título “é uma metáfora para o processo detrutivo da arte.”

O filme foge de toda aquela linha esteriótipa que tem se usado para colocar o balé como local de romance. O foco é na arte por trás dos bastidores,e mostra um lado sombrio do balé.

A busca obsessiva da perfeição, transtornos alimentares causados pela busca de um corpo perfeito e o abuso sexual das bailarinas são temas retratados no filme.

Acredito que o filme foi denominado “Cisne Negro” por trazer na história uma montagem do clássico “O Lago dos Cisnes“, pois um dos personagens, a feiticeira Odile, representa a força, o poder de sedução, a manipulação e a inveja! E o balé por ser uma arte encantadora e delicada, envolve por trás muitas coisas que tornam a vida de um bailarino degradante.

Para saber mais sobre a explicação da história veja a matéria na íntegra >>AQUI<<

O filme teve sua estreia hoje no Brasil, aproveite e confira de perto o lado sombrio da arte do balé.

Por Rai Samara