Essa música é uma droga!!!

23 fev

Você já ouviu falar sobre “drogas digitais”!?! Eu também nunca tinha escutado.

Essas chamadas “drogas digitais” são músicas ou efeitos sonoros em formato MP3 que podem alterar o estado de uma pessoa. Elas, supostamente, provocam o mesmo efeito causado por drogas como a maconha, o LSD ou ópio.

Essas sensações são dadas através das batidas, zumbidos e das imagens psicodélicas que geralmente acompanham os arquivos. Um jornal americano publicou em 2008 sobre essas drogas alertando o perigo que elas causam, desde então começaram a surgir comentários de pessoas que diziam ter tido alucinações após ouvir músicas.

Mas não há evidencias científicas nem laudos médicos que comprovem que essas músicas realmente tenham efeito sobre a mente das pessoas, já que não há substâncias químicas nem efeitos evidentes.

 

Veja algumas características dessas músicas que podem mexer com o estado mental das pessoas:

MELODIA DO TRANSE
Os cientistas dizem que as drogas digitais são baseadas nas chamadas batidas ou sons binaurais, dois tons em frequência aproximada, mas diferentes entre si, descobertos em 1839. O que acontece é que essas batidas seriam capazes de sincronizar as ondas cerebrais, supostamente alterando o estado da mente

SÓ COM TREINO
As drogas digitais não podem ser confundidas com as drogas reais, que alteram a consciência por causa da ação de substâncias químicas. Para viajar com a música e entrar em transe, é preciso certo treino e autossugestão – o que acontece quando se usam sons para meditar, por exemplo

CANTOS E BATUQUES
Não é de hoje que sons são usados para alterar a consciência das pessoas. Em sociedades primitivas, o rufar dos tambores e o entoar de cânticos influenciavam o estado mental e o comportamento das pessoas durante sacrifícios rituais. A repetição de sons, como os mantras indianos, pode levar a um elevado nível de concentração

NA MIRA DA POLÍCIA
As ciberdrogas causaram alvoroço nos Estados Unidos em meados deste ano depois que a Secretaria de Narcóticos do estado de Oklahoma declarou que elas poderiam induzir ao consumo de drogas reais. Algumas escolas americanas até baniram o uso de iPods para evitar que seus alunos “se entorpecessem”

 

Texto original: Mundo Estranho

 

 

Por Rai Samara

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: